Foto de Guilherme Trindade

Luigi Fontenelle

 

Desde quando eu era uma criança me sinto conectado à cultura militar através do meu pai e do meu padrasto, que serviram às forças armadas; mais tarde, com meu próprio serviço ao exército pude experienciar pessoalmente algo que sempre me atraiu: a rotina e aparatos militares.

Em 2011 me apaixonei pela fotografia e dois anos depois, iniciei o treinamento com armas de fogo em um clube de tiro em minha cidade onde aprendi a valorizar o significado da liberdade.

Através da minha experiência no mundo da autodefesa, sei que equipamentos superiores fazem muita diferença no momento de combate; por esse motivo, trabalho com parceiros que produzem os equipamentos e produtos confiáveis da melhor qualidade.